"Pardalitos do Choupal"

Associação Académica de Coimbra

Vitor Santos,jornalista d' A Bola já falecido,foi o primeiro a chamar a Académica "Pardalitos do Choupal", em crónica ao jogo da vitória sobre o Benfica por 3 a 1 na época de 1961/1962

Pardalitos estão neste momento a voar no Choupal

- EDITORES -

- José Eduardo Ferraz -

- António Alencoão-

 

Links Académicos

Agir pelos animais

BLOG convidado d'acabra.net

 Site Oficial

Mancha Negra

Somente Briosa

 Sempre Briosa

Viver a Académica

Secção de Futebol

Helder briosa

Secção de Basket

Central Briosa

Secção de Futebol - Escolas

Casa da Académica em Lisboa

- Se deseja ver aqui o seu site contacte-nos -

 

 

Blogs que têm os Pardalitos nos seus links favoritos

- Blog Belenenses -

- Beira Beira -

- O Piolho da Solum -

- Jornal Record -

- Vila Forte-

- H2solitros-

-Futebolar-

-Centro Táctico-

- Se deseja ver aqui o seu site contacte-nos -

 

 

Contactos

-Pardalitosdochoupal@gmail.com-

 

Informações

Estádio Cidade de Coimbra

Estádio Cidade de Coimbra
Inauguração: 29-10-2003
Lotação: 30000


Ano da fundação: 03-11-1887
Rua Infanta D. Maria, 23 - 3030-330
Nº de sócios: 10336 (em 9/7/2007)
Internet: www.academica.oaf.pt

 

Image hosted by Photobucket.com  

 

Pardalitos nº:

Free counter and web stats

Pardalitos a voar no Choupal
Pardalitos do choupal

Weblog Commenting by HaloScan.com

 

domingo, 5 de junho de 2011

Como uma bola de neve...

Ainda me recordo de sermos apelidados do grupo dos 11, por termos votado contra um orçamento do Engº José Simões.Fomos  poucos, mas pensávamos já que a Académica iria definhar sob o jugo de alguém que não tem espírito Académico.
Entretanto os anos foram passando, e os anos das "vacas gordas" voaram sem que nada se tivesse feito para equilibrar as contas, muito pelo contrário.
Alguns mudaram de barricada, estavam contra o presidente agora estranhamente estão com ele. Outros estiveram com ele, insuflaram-lhe o ego, criaram o "monstro" e agora estão contra ele. A vida é feita de surpresas e há muito que sei que muitos se servem da Académica não a engrandecendo mas tornando-a mais pequena, ao nível dos seus valores.
Estamos numa altura crucial da vida do nosso emblema. Terça Feira quando formos exercer o nosso dever, mas também o nosso direito, temos a possibilidade de escolher dois rumos distintos. Que não haja a mais pequena dúvida sobre isso.
Do lado de José Eduardo Simões está o "vale tudo", está o desertificar da Académica a nível humano, mas também dos seus valores, está uma morte anunciada de uma  Briosa que nos ensinaram a amar.
Do outro lado, está Maló de Abreu apoiado por grandes referências da causa Académica. Protagonistas e construtores da nossa história.
Quem ainda está indeciso tem que pensar se quer gritar Académica ou não, tem que pensar se quer uma Académica inclusiva ou uma Académica só para alguns.Chegou pois a hora.

7 Comments:

  • Não me é possível compreender as grandes referências da causa academica quando um candidato a Vice-Presidente(Joel Vasconcelos),deve ter em toda a sua vida visto um numero redondo de jogos da Academica fora de portas(0)!!!O problema da AAC é a falta de opções crediveis...E quem conhece as pessoas sabe disso!

    By Anonymous Anónimo, at 05/06/11, 15:45  

  • Estava decidido a votar no Dr. Maló, mesmo sem o conhecer a não ser de algumas intervenções na comunicação social, e, do que as boas e as más línguas costumam dizer. Mas mudei de rumo, muito por causa de umas ou outra pessoas que o apoia (daqui excluo todas aquelas que têm imenso prestígio e merecem a consideração justa de todos que gostam da Académica e não só) e que tem que se manter sempre nas luzes da ribalta, seja na política activa, mas como pelos vistos as coisas não estão a correr bem a Briosa também dá jeito para não se ser esquecido. Portanto Sr. Ferraz, a opinião que tem dos membros da lista A, assenta que nem uma luva à lista B. Mas o mais grave é que esta lista é apoiada claramente por um partido político (PSD) e pelo seu parceiro (PS), como que a formar um bloco central na Académica. Isto é lindo, a política a mexer com o futebol. Foi fundamentalmente por isto e pela arrogância e pedantismo de um político que nunca conseguiu fez praticamente nada por Coimbra, que me levou a mudar de sentido de voto, e, a expressá-lo publicamente. Três anos sem pagar quotas?!!! Sinceramente...

    By Blogger Tó-Zé, at 05/06/11, 17:09  

  • Coimbra, 05 jun (Lusa) – José Eduardo Simões, presidente e candidato da Lista A, e Maló de Abreu, da Lista B, repetem terça-feira o duelo eleitoral de 2004, apostando o primeiro na continuidade e o segundo na inovação.

    Na apresentação do programa, sexta-feira, José Eduardo Simões fez uma retrospetiva da obra feita, salientando o facto de o clube ter saído de um estado de falência em 2002 e o percurso de sucesso desde então, lembrando os 10 anos consecutivos na Liga, a construção da Academia Dolce Vita, a gestão do Estádio, após a insolvência da TBZ em 2008, as meias-finais da Taça da Liga e da Taça de Portugal e a subida do futsal à I Divisão, entre outros êxitos.

    Por seu lado, o candidato Maló de Abreu apresentou, quinta-feira, um programa com 30 medidas, entre as quais a recuperação de sócios, uma auditoria externa às contas e a criação de um fundo de investimento de jogadores, no valor de 10 milhões de euros.

    Em relação ao futebol profissional, a Lista A aponta uma classificação entre os “oito primeiros” da Liga, a “fase de grupos da Taça da Liga” e “uma final de uma competição nacional". Para tal, o treinador deverá ter o perfil de Domingos Paciência ou André Villas-Boas e a equipa assentar em jovens da formação e jogadores de “qualidade e ambição”.

    Na lista B, o perfil do futebolista da Académica passa pelas qualidades desportivas e humanas e a equipa técnica será composta por um treinador português e experiente e um "núcleo duro de treinadores da casa”, para chegar às competições europeias no mandato de três anos.

    Na formação, o primeiro objetivo de José Eduardo Simões é a subida à I Divisão da equipa de juniores e integrar anualmente dois atletas de formação, enquanto Maló de Abreu, para além da criação de um gabinete de prospeção, quer a criação de uma "escola de guarda-redes".

    No lado financeiro, a lista do atual presidente pretende manter uma gestão rigorosa e eficiente do Estádio Cidade de Coimbra, a criação de uma sala de troféus, desenvolver a marca Académica em termos de marketing e no Bingo e potenciar o Estádio e a Academia para grandes eventos.

    Por seu lado, a lista do seu opositor apontou medidas como a redução do passivo em 25 por cento, a auditoria externa às contas do clube, o aumento das receitas com mais sócios e assistências e desenvolvimento do "merchandising", a criação da Webtv e de um canal interativo, bem como a criação de um "fundo de investimento de jogadores" no valor de 10 milhões de euros, com sócios, investidores regionais e nacionais que queiram assumir uma parceria com a Académica.

    A campanha tem sido pautada por críticas dos dois lados: José Eduardo Simões fala de um “projeto megalómano e irrealista” do seu adversário, que acusa de “viver no mundo da fantasia”, enquanto Maló de Abreu responde com “o projeto esgotado e anti-democrático” do atual presidente, que está a levar “ao desaparecimento da Académica”.

    NR

    By Anonymous Anónimo, at 05/06/11, 17:29  

  • Engº Ferraz
    Explique como é possivel a lista B, possuir um vice-Presidente que andou mais de três anos, sem pagar quotas?
    Mais grave é do Sporting, seu primeiro Clube.
    Quem é em termos Académicos um tal Joel do (PS) que ia andando á bofetada com o Victor Baptista, na disputa da liderança do PS.
    Afinal o que é isto!
    Meus Sr(s) a nossa Académica tem na Lista B, gente deste nivel.
    Quanto á lista A,a verdade é que o objectivo não é a Lista no seu todo, mas sim JES, o alvo abater.
    Faço votos para que não censurem este comentário.
    Os Pardalitos a meu ver, deveriam ficar em silêncio no que diz respeito ás candidaturas. Ficava bem não se meterem na campanha. Mas não, andam a envolver-se neste lamaçal.
    Onde para a isenção?

    By Anonymous Anónimo, at 06/06/11, 01:32  

  • Médio ofensivo é um forte desejo da lista B. Salário do antigo jogador do Benfica é uma questão complicada mas não impossível. Avançado do SC Braga também é desejado.

    Pode ser difícil, mas a candidatura de Maló de Abreu acredita que não é impossível.

    Ao que A BOLA apurou, um dos maiores desejos da lista B candidata às eleições da Académica é Nuno Assis. Meyong, do SC Braga, também está referenciado.

    Nota: este indivíduo não pára? Quem lhe deu aval para lançar estes nomes, quando o Maló disse que não anunciava nomes de jogadores e treinadores até quarta-feira, logo após as eleições?
    Sede de protagonismo é o que é e para lançar a confusão...

    By Anonymous Anónimo, at 06/06/11, 12:12  

  • Como é possível, que alguém diga que a Académica está em risco de desaparecer, depois de tantos anos consecutivos na 1º liga e da diminuição progressiva do passivo que se tem registado? Se o Eng.º José Eduardo Simões não tivesse pegado na Académica "ao colo", é que este nosso clube já não existia. As pessoas que agora a querem salvar são algumas das que a deixaram "de tanga" e em descrédito. Isto é a verdade apesar de eu não negar o amor destas pessoas pela Académica, mesmo quando alguns só se lembrarem que Ela existe dois meses antes de eleições (já que nem aos jogos vão).

    By Anonymous Anónimo, at 06/06/11, 15:03  

  • Nao sei para que falam de partidos se aqui nao e disto que se fala mas sim de uma coisa maior que e a nossa BRIOSA. ligam a parte politica do que o amor pelas pessoas ao clube. falam em nao pagar mas tem esse direite e tao descontentes com aquilo que esta la. ja agora alista A farta se de fazer dinheiro em jogadores pois os activos da academica vao saindo


    olha e bem po papel quando forem votar e nao se enganem

    By Anonymous Anónimo, at 06/06/11, 20:53  

Enviar um comentário

<< Home