"Pardalitos do Choupal"

Associação Académica de Coimbra

Vitor Santos,jornalista d' A Bola já falecido,foi o primeiro a chamar a Académica "Pardalitos do Choupal", em crónica ao jogo da vitória sobre o Benfica por 3 a 1 na época de 1961/1962

Pardalitos estão neste momento a voar no Choupal

- EDITORES -

- José Eduardo Ferraz -

- António Alencoão-

 

Links Académicos

Agir pelos animais

BLOG convidado d'acabra.net

 Site Oficial

Mancha Negra

Somente Briosa

 Sempre Briosa

Viver a Académica

Secção de Futebol

Helder briosa

Secção de Basket

Central Briosa

Secção de Futebol - Escolas

Casa da Académica em Lisboa

- Se deseja ver aqui o seu site contacte-nos -

 

 

Blogs que têm os Pardalitos nos seus links favoritos

- Blog Belenenses -

- Beira Beira -

- O Piolho da Solum -

- Jornal Record -

- Vila Forte-

- H2solitros-

-Futebolar-

-Centro Táctico-

- Se deseja ver aqui o seu site contacte-nos -

 

 

Contactos

-Pardalitosdochoupal@gmail.com-

 

Informações

Estádio Cidade de Coimbra

Estádio Cidade de Coimbra
Inauguração: 29-10-2003
Lotação: 30000


Ano da fundação: 03-11-1887
Rua Infanta D. Maria, 23 - 3030-330
Nº de sócios: 10336 (em 9/7/2007)
Internet: www.academica.oaf.pt

 

Image hosted by Photobucket.com  

 

Pardalitos nº:

Free counter and web stats

Pardalitos a voar no Choupal
Pardalitos do choupal

Weblog Commenting by HaloScan.com

 

terça-feira, 14 de junho de 2011

in aBola:«Esta Académica não tem futuro!» - Maló


O grande Maló para os apaixonados da Académica. Professor João Maló de Abreu para milhares de alunos da Universidade de Coimbra. Senhor comendador para quem esteve atento e soube que no último 10 de Junho, Dia de Portugal, recebeu do Presidente da República Aníbal Cavaco Silva o título de Grande Oficial da Ordem de Instrução Pública.

O antigo guarda-redes abriu o coração para falar do actual momento da sua Briosa, para explicar porque não vai a um estádio há 30 anos - «dei por mim de pé a chamar nomes ao árbitro, aos adversários, aos nossos jogadores e pensei: Eu? Não, nunca mais!» - e também da Académica, que perdeu alguma da sua alma.

Voz respeitada em Coimbra, figura maior do futebol da Académica. E também da Academia, evidentemente. Mas vamos à paixão pelo futebol. Sim, pode ter esfriado um pouco mas não morreu.

«Não vejo futuro na Académica porque há questões que são inultrapassáveis. Presentemente não há estudantes a jogar na Briosa e um gajo [assim mesmo...] que tire um curso, onde vai arranjar emprego? Há pouco dizia-lhe que antes vínhamos para Coimbra para mudar de vida. Dei a imagem dos nossos pais, que tinham uma enxada para ganhar o pão nosso de cada dia e nós... nós pensávamos que estudando os iríamos ajudar. Hoje, um homem licencia-se e a Académica não tem nada para oferecer. Um curso não dá perspectivas de trabalho e, por isso, o recrutamento tem vindo a ser cada vez mais difícil», diz.

Inevitabilidade dos novos tempos? Não, isso também não. Não basta pôr as culpas na modernidade: «Não há estímulos das Direcções da Académica. Talvez estejam numa camisa de 11 varas, mas perde-se a identificação com a cidade... Devagarinho. Isto é um plano inclinado, mas só a descer... Não vejo solução! Os dirigentes, na sua utopia, deixam morrer uma coisa linda. Não estou contra ninguém, não apoio ninguém nem deixo de apoiar, não meto veneno a ninguém. Posso não ter grande simpatia pelo presidente actual, mas isto não tem solução. O que sei é que a imagem que passam de que este Organismo Autónomo é a continuação da velha Académica é pura mentira.»

14 Comments:

  • Porque não põem aqui o texto do eng.º Lucílio publicado no Diário de Coimbra?
    Andam com ele de candeias às avessas?
    Zangam-se as comadres...

    By Anonymous Anónimo, at 14/06/11, 09:59  

  • A Académica de hoje não é pior, de certeza, que a Académica do "tempo" em que o eng.º Ferraz foi director, pois não?
    Então...

    By Anonymous Baptista-Fernandes, at 14/06/11, 10:01  

  • Não vale a pena tapar o sol com a peneira. O Professor Doutor Maló, está coberto de razão. Vamos em plano inclinado. Da Briosa de outros tempos, não resta nada. Pelo que li, até demos guarida a uma espécie de pistoleiro chamado Garcês. A Universidade de Coimbra ou de outros locais do país, são fábricas de desempregados. E disso ninguém tem culpa. É o sinal dos tempos.Não milagres, nem vendedores de promessas. Estudantes nos Jardins da Associação, com traje académico e bandeiras do Benfica e ver futebol é a cereja em cima do bolo deste funeral anúnciado. A mim doi-me. Doi-me muito. Resvalamos, tal como o emblemático Belenenses, para o abismo. Poucos acompanham a Briosa no seu estádio. E quando lá vão, é quando há jogos grandes, a apoiar o clube deles e não a Briosa com que se deviam identificar. O futuro é uma incógnita. Tal como o país, que perdeu a sua soberania económica. Temos governo mas foi-se a nação. Tal como a Briosa, que espalhou o perfume do seu irreverente futebol, nos relvados de Portugal e da Europa.

    By Anonymous Anónimo, at 14/06/11, 11:38  

  • Uma vez mais o Prof. Doutor João Maló deixa-nos uma mensagem que é uma legenda de verdade. Uma sinfonia de coragem. Um paradigma de lucidez. Uma visão desinteressada dum "velho e grande senhor" que nos deu a honra sublime de ao ser galardoado,de ver evocada a secular obra da Briosa, o binómio futebol-escola que desde antanho a identificou e distinguiu dos demais.
    O seu conteúdo, preocupante, está além, muito para além, diria nos antípodas, de querelas eleitorais e de disputas académicas fracturantes e divisionistas, que nos emprobecem e empequenecem. Estes seus considerandos, de improviso, ao correr da pena, davam para uma boa tese de mestrado "académica". Nesta difícil encruzilhada onde nos encontramos num cinzentismo diário que não nos enche alma nem alegra o ego, há que buscar naquelas palavras, pistas para um amanhã primaveril, onde desporto de competição e modernidade, se possam complementar com a história inebriante da Instituição e o respeito pela sua idiossincrasia. Diferentes na igualdade, podemos ser mais congregadores, mais competentes, mais respeitadores dum passado inolvidável, mais prospectivos num futuro que as mudanças sociais não podem deixar de ver reflectido, mais negros na nossa roupagem e na alma, mais assertivos na nossa paixão, mais Briosa, enfim.
    Ganha peso, cada vez mais, a urgência de um novo Congresso da Briosa. Depois de 1981 e 1995 por que não 2011?

    By Anonymous André Neves, at 14/06/11, 13:36  

  • Sim senhor......grande Académico.....um homem que não vai a um estádio á 30 Anos. O que é que a Briosa tem a ver com o facto de os estudantes licenciarem-se e não terem emprego? Que eu saiba não é nenhum centro de Emprego. Isto anda tudo a ficar marado graças ao buraco do Ozono.

    By Anonymous Anónimo, at 14/06/11, 15:58  

  • Parece que a Académica é um grupo fechado onde só pode entrar um determinado estilo de pessoas. Não é, mas já foi num passado muito recente. Um grupo elitista cheio de pruridos, que infelizmente nos manteve muito tempo na segunda divisão e no sobe e desce. Um grupo que olhava de alto para baixo qualquer futrica que aparecesse. Quando todos falam que o JES está a desvirtuar a Académica, esquecem que afastaram as pessoas de Coimbra da Briosa. Mais, o Doutor Maló, com o respeito que merece, não deve ter andado atento nestes últimos trinta anos, nem conhece a realidade, pois como ele mesmo diz, andou afastado. Não tenho medo em deixar aqui escrito quem se afasta é por que não gosta do que vê, ora ele já se afastou há trinta anos, como tal era hà época que as coisas não estariam bem. Então e agora porque aparece? Deve saber que quem não aparece esquece. Então o seu contributo como grande homem que outrora ligado à Briosa, deveria ser plasmado durante estes anos todos em que não apareceu? Então porque não aparecferam o Dr. Vítor e Mário Campos, o Dr. Belo, Dr Valido, sei lá, uma imensidão de grandes homens que poderiam encimar um grupo directivo, escolhendo um profissional de sua confiança para liderar os destinos. POIS, COMO UM DELES ME DISSE, A BRIOSA DÁ MUITA CHATICE, PERDE-SE MUITO TEMPO, É PRECISSO MUITA DEDICAÇÃO. Foi por ouvir isto de um deles e por não reconhecer competência para estas lides a dois candidatos da lista B que mudei e votei lista A. Não me arrependo, só acho que depois das eleições, era tempo de todos colaborarem para bem da Briosa, porque quem está permanentemente a dizer mal não colabora. DEIXEM OS HOMENS TRABALHAR E APAREÇAM NOVAMENTE DAQUI A TRÊS ANOS.

    By Blogger Tó-Zé, at 14/06/11, 18:21  

  • Por falar em maluco, oh anónimo.
    Você nem em bicos dos pés chegaria aos tornozelos do Sr. Comendador Maló.Isto academicamente falando.
    Se o ridiculo matasse...mas se calhar é por isso que você manteve o anonimato, não?

    By Anonymous pica miolos, at 14/06/11, 18:23  

  • Este Sr. Comendador é Sócio? O Marinho Pinto é Sócio? Costuma-se dizer que quem quer peixe molha o "rabinho". E estes senhores se não forem Sócios da MAGICA BRIOSA não têm moral para ir para a Comunicação Social debitar postas de pescada.

    By Anonymous Anónimo, at 14/06/11, 20:51  

  • Grande guarda redes sem dúvida, e amante da académica não duvido, mas não vai ao estádio há 30 anos pq "deu por si a chamar nomes"???
    Isto é um verdadeiro adepto, amante da associação académica de Coimbra? Por favor... concordo que muito está mal, mas criticar é muito fácil, e este senhor não disse nada de constructivo. Só por ser antigo atleta tem que ser tratado como um oráculo da verdade?
    Prefiro a alternativa coerente, como fazem alguns dos membros do blogue, que de vez em quando são ouvidos. Dizer mal por dizer é de baixo nível (mas este senhor também não é um paradigma de bom carácter).

    By Anonymous Fernando, at 14/06/11, 22:35  

  • Ó anónimo, deixa-te de loisas, sabes muito bem que hoje qualquer " merdas" é sócio da Académica.
    Já agora informo-te que o Sr. prof. Maló é sócio.

    By Anonymous Anónimo, at 14/06/11, 22:58  

  • Depois de ouvir tanta coisa em desprimor de alguém como Maló, realmente! Pá se isto é que é ser sócio da Académica.É que os jogadores de antigamente da Académica não são só antigos jogadores da Académica. Não são nenhum Dame, nenhum Filipe Teixeira etc etc com todo o respeito que esses me merecem...

    By Anonymous Anónimo, at 14/06/11, 23:12  

  • Ao ponto a que se chega.. Pelos vistos o Doutor Maló não tem idoneidade suficiente para falar sobre a Académica, uma vez que não vai ao estádio à 30 anos. Gostava de saber se metade, ou um terço, dos anónimos que aqui escrevem, e geralmente falam mal de tudo e todos, põem os pés nos jogos da Briosa.
    Um Homem que foi guarda-redes na década de 60, durante a época de ouro da equipa, merece um pouco mais de respeito.

    João Henriques

    By Anonymous Anónimo, at 15/06/11, 03:19  

  • O Sr Prof Maló, foi sem duvida um grande guarda redes da AAC.O Sr Prof Maló, trocou o Benfica pela Briosa, com o objectivo de então que era conseguir o "canudo". Foi sempre aplicado, tendo obtido a sua merecida formatura, em espaço de tempo curto (atendendo às dificuldades de um curso superior na época).O Sr Prof Maló, terminado o curso com que certamente sonhou, borrifou-se (ca***-se) lá do cimo da torre da vetusta, para a AAC. Por diversas vezes abordado,nas dificuldades de então, diplomaticamente foi-se demarcando, sem nunca ter vindo em auxilio da Académica. Esta é que é a realidade.
    Aliás, o unico ou quase unico que algumas vezes veio em "socorro", quando lhe pediam ajuda, foi o Saudoso GERVÁSIO. Nem Campos, nem Validos, nem M Antónios fizeram mais do que jogar para obterem os cursos (Honra lhes seja feita). Não tenho duvidas de que são mais devedores da Académica, do que potenciais credores de gratidão.

    By Blogger Pravda, at 15/06/11, 16:41  

  • Infelizmente, nem todos aqueles que aqui comentam, leram, ao que parece, o livro do João Mesquita e do João Santana ...

    By Anonymous Anónimo, at 15/06/11, 17:44  

Enviar um comentário

<< Home